Archive for the ‘Contabilidade’ Category

>Termina na próxima semana o prazo para a declaração do imposto de renda. Se você ainda tem dúvidas, preste atenção nesta entrevista com a superintendente regional, Claudia Thomaz.

Receba as atualizações no seu e-mail:

Delivered by FeedBurner
Anúncios

>Exame de Suficiência: gabaritos das provas

Comunicação CFC

Conforme previsto no Edital Exame de Suficiência n.º 01/2010, os gabaritos das questões objetivas das provas serão divulgados nos sites do CFC, da FBC ( http://www.fbc.org.br ) e dos Conselhos Regionais de Contabilidade dentro do prazo de até 20 dias após a data de realização das provas.

Aplicação das provas
O Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e a Fundação Brasileira de Contabilidade (FBC), instituição contratada para auxiliar na realização da primeira edição de 2011 do Exame de Suficiência, consideraram satisfatória a aplicação das provas aos contadores e aos técnicos em contabilidade, realizada no dia 27/3, em todo o Brasil.

O Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e a Fundação Brasileira de Contabilidade (FBC), instituição contratada para auxiliar na realização da primeira edição de 2011 do Exame de Suficiência, consideram satisfatória a aplicação das provas aos contadores e aos técnicos em contabilidade, realizada no último domingo, dia 27/3, em todo o Brasil.

“A aplicação das provas desta primeira edição de 2011 do Exame de Suficiência foi bastante satisfatória. Tudo transcorreu dentro da normalidade, considerando-se um certame desse porte, realizado simultaneamente em 116 cidades brasileiras e com mais de 16 mil inscritos. Todos os candidatos que compareceram aos seus locais de prova puderam fazer o Exame. A Fundação Brasileira de Contabilidade e o Conselho Federal de Contabilidade, com o auxílio dos Conselhos Regionais de Contabilidade (CRCs), trabalharam com afinco e zelo para garantir a eficiente organização e a devida ordem durante a aplicação do Exame em todo o Brasil. Essa experiência bem-sucedida será de grande valia para as próximas edições do Exame”, afirma o presidente da FBC, José Martonio Alves Coelho.

Será considerado aprovado o candidato que acertar, no mínimo, 50% das questões. A relação dos candidatos aprovados será publicada no Diário Oficial da União (DOU) e divulgada nos endereços eletrônicos do CFC, da FBC e dos CRCs em até 60 dias da data das provas.

Os aprovados no Exame terão o prazo de dois anos, a contar da data da publicação da relação no DOU, para requererem o registro profissional, no Conselho Regional de Contabilidade, na categoria para a qual tenham sido aprovados.

Ainda segundo o Edital, ocorrendo a aprovação, os CRCs emitirão, sem ônus, a Certidão de Aprovação no Exame de Suficiência, desde que solicitada pelos candidatos, na qual constará a categoria e a data da publicação do resultado no Diário Oficial da União. Para essa solicitação, o candidato aprovado deve apresentar os seguintes documentos: cópia autenticada do documento de identidade; e cópia autenticada do certificado, diploma ou declaração da Instituição de Ensino, comprovando que a conclusão do curso ocorreu em data anterior à realização do Exame.

Normatização
O Exame de Suficiência foi instituído pela Lei nº 12.249/2010, que alterou o artigo 12 do Decreto-Lei nº 9.295/46. De acordo com a nova redação, esse artigo estabelece que os profissionais contábeis somente poderão exercer a profissão mediante os seguintes requisitos: conclusão do curso de Bacharelado em Ciências Contábeis ou de Técnico em Contabilidade, aprovação em Exame de Suficiência e registro no Conselho Regional de Contabilidade (CRC).

A regulamentação do Exame de Suficiência como requisito para obtenção ou restabelecimento de Registro Profissional em CRC consta da Resolução CFC nº 1.301/10, publicada no dia 28 de setembro. O conteúdo da norma abrange desde a conceituação, periodicidade, aplicabilidade, aprovação e conteúdo programático das provas até aspectos da realização e aplicação do Exame, além de tratar dos recursos, dos prazos e de questões gerais.

>

O Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e a Fundação Brasileira de Contabilidade (FBC), instituição contratada para auxiliar na realização da primeira edição de 2011 do Exame de Suficiência, consideram satisfatória a aplicação das provas aos contadores e aos técnicos em contabilidade, realizada no último domingo, dia 27/3, em todo o Brasil.

“A aplicação das provas desta primeira edição de 2011 do Exame de Suficiência foi bastante satisfatória. Tudo transcorreu dentro da normalidade, considerando-se um certame desse porte, realizado simultaneamente em 116 cidades brasileiras e com mais de 16 mil inscritos. Todos os candidatos que compareceram aos seus locais de prova puderam fazer o Exame. A Fundação Brasileira de Contabilidade e o Conselho Federal de Contabilidade, com o auxílio dos Conselhos Regionais de Contabilidade (CRCs), trabalharam com afinco e zelo para garantir a eficiente organização e a devida ordem durante a aplicação do Exame em todo o Brasil. Essa experiência bem-sucedida será de grande valia para as próximas edições do Exame”, afirma o presidente da FBC, José Martonio Alves Coelho.

Conforme previsto no Edital Exame de Suficiência nº 01/2010, os gabaritos das questões objetivas das provas serão divulgados nos sites do CFC, da FBC (www.fbc.org.br) e dos Conselhos Regionais de Contabilidade no prazo de até 20 dias após a data de realização das provas.

Será considerado aprovado o candidato que acertar, no mínimo, 50% das questões. A relação dos candidatos aprovados será publicada no Diário Oficial da União (DOU) e divulgada nos endereços eletrônicos do CFC, da FBC e dos CRCs em até 60 dias da data das provas.

Os aprovados no Exame terão o prazo de dois anos, a contar da data da publicação da relação no DOU, para requererem o registro profissional, no Conselho Regional de Contabilidade, na categoria para a qual tenham sido aprovados.

Ainda segundo o Edital, ocorrendo a aprovação, os CRCs emitirão, sem ônus, a Certidão de Aprovação no Exame de Suficiência, desde que solicitada pelos candidatos, na qual constará a categoria e a data da publicação do resultado no Diário Oficial da União. Para essa solicitação, o candidato aprovado deve apresentar os seguintes documentos: cópia autenticada do documento de identidade; e cópia autenticada do certificado, diploma ou declaração da Instituição de Ensino, comprovando que a conclusão do curso ocorreu em data anterior à realização do Exame.

Normatização
O Exame de Suficiência foi instituído pela Lei nº 12.249/2010, que alterou o artigo 12 do Decreto-Lei nº 9.295/46. De acordo com a nova redação, esse artigo estabelece que os profissionais contábeis somente poderão exercer a profissão mediante os seguintes requisitos: conclusão do curso de Bacharelado em Ciências Contábeis ou de Técnico em Contabilidade, aprovação em Exame de Suficiência e registro no Conselho Regional de Contabilidade (CRC).

A regulamentação do Exame de Suficiência como requisito para obtenção ou restabelecimento de Registro Profissional em CRC consta da Resolução CFC nº 1.301/10, publicada no dia 28 de setembro. O conteúdo da norma abrange desde a conceituação, periodicidade, aplicabilidade, aprovação e conteúdo programático das provas até aspectos da realização e aplicação do Exame, além de tratar dos recursos, dos prazos e de questões gerais.

Fonte: Comunicação CFC

>O Exame de Suficiência do Sistema CFC/CRCs (Conselho Federal de Contabilidade/Conselhos Regionais de Contabilidade) foi realizado no dia 27 de março de 2011 em todo o Brasil. Foi à primeira edição do Exame de Suficiência desde que se tornou obrigatório por meio da Lei nº 12.249/2010, que alterou o Artigo 12 do Decreto-lei n.º 9.295/1946. A nova redação do Artigo 12 estabelece que os profissionais contábeis somente poderão exercer a profissão com os seguintes requisitos: conclusão do curso de Bacharelado em Ciências Contábeis ou de Técnico em Contabilidade, aprovação em Exame de Suficiência e registro em CRC (Conselho Regional de Contabilidade). Segundo informação do coordenador da Comissão Nacional do Exame de Suficiência e das provas em São Paulo, o conselheiro do CRC SP José Joaquim Boarin, “até 11 de abril, os gabaritos deverão ser divulgados”.No Estado de São Paulo, o CRC SP (Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo) organizou a realização das provas em 19 locais: na capital e em 18 cidades do interior. Inscreveram-se 3.740 bacharelandos em Ciências Contábeis e 857 Técnicos em Contabilidade.Conselheiros, delegados e funcionários do CRC SP trabalharam para que as provas, aplicadas pela FBC (Fundação Brasileira de Contabilidade), transcorressem com tranquilidade em São Paulo, Araçatuba, Araraquara, Bauru, Campinas, Guarulhos, Jundiaí, Marília, Osasco, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.Em todo o Brasil, estavam inscritos 16.608 pessoas. O Estado de São Paulo teve o maior número de inscrições: 4.597, seguido por Minas Gerais com 1.611. O Amapá foi o Estado com o menor número: 33 bacharéis em Contabilidade e 1 Técnico em Contabilidade.Em São Paulo, a capital tinha o maior número de inscrições: 1.807. No interior, Campinas foi a cidade com mais inscritos, 371. Araraquara, com 38, foi a cidade paulista com menor número.“O Exame transcorreu de maneira tranquila em São Paulo e no restante do País” – disse o coordenador Boarin. “As provas serão um bom parâmetro para que o ensino da Contabilidade no Brasil seja avaliado, tanto no nível técnico como no de bacharel”.O vice-presidente de Desenvolvimento Profissional, Gildo Freire de Araújo, comentou que “a volta do Exame de Suficiência trará como resultado profissionais bem mais preparados e atentos à demanda do mercado”. Ele disse também que a primeira edição do Exame foi bastante positiva.Março e setembroAs provas, realizadas simultaneamente para bacharéis em Ciências Contábeis e Técnicos em Contabilidade, iniciaram-se às 8h30, horário de Brasília, e tiveram a duração de quatro horas. Foram 50 questões objetivas e os inscritos, para serem aprovados, terão de acertar, pelo menos, 50% da prova. Obtendo a pontuação necessária, os aprovados receberão uma certidão de aprovação, com validade de dois anos para a solicitação de registro em CRC. O prazo começará a contar a partir da publicação do resultado no Diário Oficial da União. O Exame de Suficiência será realizado duas vezes ao ano, em março e setembro. As áreas de conhecimento exigidas para Técnicos em Contabilidade são: Contabilidade Geral, Contabilidade de Custos, noções de Direito, Matemática Financeira, Legislação e Ética Profissional, Princípios de Contabilidade, Normas Brasileiras de Contabilidade e Língua Portuguesa.As provas dos bacharéis em Ciências Contábeis incluem as mesmas áreas dos Técnicos e também: Contabilidade Aplicada ao Setor Público, Contabilidade Gerencial, Controladoria, Teoria da Contabilidade, Auditoria Contábil, Perícia Contábil e Estatística.Segundo o Edital nº 1/2010 sobre o Exame de Suficiência, publicado pelo CFC, a relação dos aprovados será divulgada nos endereços eletrônicos da FBC, do CFC, dos CRCs e no DOU (Diário Oficial da União) até 60 dias da data de realização das provas. Exame valorizaPara Maria Aparecida Ferreira de Jesus, que fez a prova dos Técnicos em Contabilidade, “fazer o Exame valoriza os profissionais e até mesmo separa os bons dos que não têm condições técnicas para trabalhar na área”.Recém-formado no curso de Ciências Contábeis, Rubens Felipe da Silva já pensa em fazer pós-graduação em Controladoria. Como é Técnico em Contabilidade, trabalha há 10 anos na área e ficou orgulhoso e satisfeito por ter feito a prova.“Eu me sinto valorizado em ser avaliado”, disse Francelino José da Silva. Técnico em Contabilidade, ele pretende voltar a estudar e tem um objetivo: ser chefe de Contabilidade da empresa em que trabalha.

>
Fonte: Valor Econômico

Qualificação: Mais de 10 mil profissionais devem realizar prova de avaliação de conhecimento em março para obter registro e poder atuar na área.  

Vívian Soares | De São Paulo

Há uma semana, o analista contábil da Serasa Experian Rodrigo Martins incluiu novamente os estudos em sua rotina. Recém-formado em contabilidade, ele se prepara para enfrentar o exame de suficiência, que a partir deste ano será exigido para que os profissionais consigam se registrar em um Conselho Regional e exercer a profissão. Aproximadamente 10 mil candidatos são esperados para o exame, que, depois de sete anos, volta a ser cobrado para os contadores brasileiros, dessa vez amparado pela lei 12.249, de 11 de junho de 2010, que tornou obrigatória a avaliação do conhecimento desses profissionais.

De acordo com Domingos Orestes Chiomento, presidente do Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo (CRC/SP), o exame vem atender a uma demanda do mercado, que passou por muitas mudanças em um curto período de tempo. “Com a adoção das normas internacionais de contabilidade no Brasil, o profissional precisará ter um conhecimento global, uma vez que essas regras terão a mesma configuração em mais de 110 países”, afirma.

O aumento da exigência do mercado fez com que os conselhos se preparassem para fiscalizar a formação dos profissionais. Além disso, passaram a estimular a adaptação dos currículos dos cursos de graduação. Uma das preocupações de Chiomento é com o baixo aproveitamento da prova, que já foi realizada no passado, entre os anos de 2000 e 2004, e que foi cancelada por não estar prevista em lei. “Na época, o índice de reprovação foi acima de 50%”, diz.

A expectativa para o exame a partir de 2011, porém, é de um nível de exigência maior. “A contabilidade sofreu uma alteração profunda nos últimos três anos. Até 2004, a prova exigia conceitos mais básicos. A tendência é que agora sejam cobrados conteúdos mais alinhados com as novas normas contábeis”, afirma Sergio Alexandre de Souza, coordenador do curso preparatório exame de suficiência em contabilidade, da Trevisan Escola de Negócios. Segundo ele, o único aspecto negativo da prova é o nível de aprovação mínimo ser de apenas 50%, que ele considera insuficiente.

Para Gerlando Lima, coordenador do curso preparatório ao exame de suficiência da Fipecafi, a expectativa dos profissionais sobre o conteúdo da prova é grande. “Os alunos se preocupam em saber o nível do exame. Como são 50 questões, há muita insegurança sobre o que será cobrado”, afirma.

Lima explica que, como as mudanças na área são muito recentes, a maioria dos candidatos precisará ter domínio sobre normas que foram implementadas enquanto cursavam a faculdade. O edital do exame de suficiência, que será realizado em 27 de março, prevê que serão cobradas as normas aprovadas até 90 dias antes da avaliação.

O analista contábil Rodrigo Martins acredita, porém, que os profissionais com uma boa formação não terão dificuldade para fazer o exame. “Como as mudanças eram previstas, o currículo da faculdade foi se adaptando no decorrer do curso. No final, já dominávamos a maior parte delas”, afirma Martins, que também está investindo em um curso preparatório.

As inscrições para o exame de suficiência vão até 11 de fevereiro. Serão aplicadas provas para contadores com curso superior e para técnicos em contabilidade, que também só serão registrados no conselho mediante aprovação no exame. Em contrapartida, a profissão só será regulamentada até 2015 – a partir desta data, apenas os contadores poderão exercer a profissão, conforme previsto pela lei 12.249. “O mercado está exigindo mais capacitação do profissional. Enquanto o técnico tem 900 horas de aula de formação, o bacharel tem quase 2400 horas”, diz o presidente do CRC/SP.

Para Souza, da Trevisan, o técnico em contabilidade foi, durante muito tempo, uma profissão vinculada à atividade de escrituração, mas acabou incorporando outras funções, como a assinatura de balanços, por exemplo. “A lei veio corrigir essa inadequação”, afirma.